Página inicial
Quem somos
Quem é nossa cobertura
Galeria de fotos
Galeria de vídeos (novo)
Sites que indicamos
Downloads
Livro de visitas
Fale conosco
Dicionário Bíblico
Artigos/ Estudos
A Rota do Sucesso
Agenda
Aliança e Cobertura Esp.
Casamento
Colaboração/Propósito
Coluna dos adoradores
Como adquirir o CD
Contatos e Convites
Dinâmica / Quebra Gelo
Discografia/Composição
Espaço Mulher
Estudos do Ap.Osmarino
Festas Bíblicas
Homens de Verdade
Igrejas Sob cobertura
Liderança
Missões
Músicas Cifradas
Notícias
Peças Teatral
Redes Sociais
Reflexões/ Meditações
Release / Ap. Osmarino
Seitas e heresias
Seminários
Símbolos Judaicos
Teologia/Hist. Igreja
Visão Celular/Estudos
Bíblia Online
Escolha o Livro
Capítulo Versículo
Palavra(s):
Estatísticas
1854 estudos publicados
1 abençoado(s) conectados
13 colunistas - 232 fotos
226744 acessos


Construindo uma rota de fé

Tipo: Estudos do Ap.Osmarino / Autor: Ap. Osmarino Araújo



CONSTRUINDO UMA ROTA DE FÉ

TEXTO: João 20:24 “Ora, Tomé, um dos doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. 25 Disseram-lhe, então, os outros discípulos: Vimos o Senhor. Mas ele respondeu: Se eu não vir nas suas mãos o sinal dos cravos, e ali não puser o dedo, e não puser a mão no seu lado, de modo algum acreditarei. 26 Passados oito dias, estavam outra vez ali reunidos os seus discípulos, e Tomé, com eles. Estando as portas trancadas, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco! 27 E logo disse a Tomé: Põe aqui o dedo e vê as minhas mãos; chega também a mão e põe-na no meu lado; não sejas incrédulo, mas crente. 28 Respondeu-lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu! 29 Disse-lhe Jesus: Porque me viste, creste? Bem-aventurados os que não viram e creram”.

INTRODUÇÃO: O nome Tomé é de origem hebraica e Dídimo é de origem aramáica, mas ambos significam “gêmeo". Tomé tinha um irmão gêmeo que não aparece na história e nem foi escolhido por Jesus para ser apóstolo. Vamos então falar sobre as características de Tomé, de seu caráter, de sua personalidade, de sua fé, de suas atitudes. Como as atitudes de Tomé se parecem com as atitudes de muitos discípulos de nossa geração.

1. PERSONALIDADE GÊMEA. Vimos que Tomé significa gêmeo, porque tinha um irmão gêmeo. Porém neste contexto, Tomé significa uma pessoa que tem duas personalidades em seu caráter e essência como discípulo. É uma pessoa que tem um discurso nos lábios e outro nas atitudes. É uma pessoa que pensa de uma forma, mas age de outra porque é de personalidade gêmea, dupla. Sempre carrega consigo outra personagem, que pode representá-lo nas diversas situações. É uma pessoa de ânimo, atitudes, comportamento dobre.

O apóstolo Tiago revelou o conteúdo de uma pessoa como Tomé. “homem de ânimo dobre, inconstante em todos os seus caminhos”. Tiago 1:8. Uma pessoa de personalidade dupla é uma pessoa inconstante em tudo o que faz. Ninguém confia em pessoas inconstantes, nem Deus. Pessoas inconstantes não conquistam, não consolidam nada e nem tem feitos extraordinários.

Isto nos faz reconhecer o comportamento de alguns discípulos, em relação, a sua correspondência à obra e ao reino de Deus. Por que não crescem espiritualmente, por que não conquistam nada, por que não rompem na fé, no ministério. Nas atitudes de Tomé, vemos como um discípulo pode revelar sua alma, depois de tanto tempo de caminhada com seu mestre, ainda ter dúvidas e duplicidade de comportamento. Toda pessoa que tem personalidade gêmea, tem atitudes que o denunciam. Sua personalidade é desnudada pelas suas atitudes e não apenas pelo seu discurso.

2. NÃO ESTAR NO MESMO LUGAR EM QUE OS OUTROS DISCÍPULOS ESTÃO (V24). Os discípulos que não criam uma rota de fé são os que não acompanham o processo de relacionamento e crescimento com o mestre, igual aos outros. São aqueles que nunca estão no lugar, na hora... Eles nunca estão nos momentos importantes do processo. Eles são os que sempre faltam às reuniões mais importantes. São os que não correspondem às convocações. São os que não prestam atenção aos avisos e diretrizes. São os que não conseguem obedecer e conduzir seu ministério, sua célula, sua fé, sua vida espiritual de acordo com os conselhos e direções de seus mentores, líderes, pastores, sacerdotes, discipuladores.

3. NÃO ACREDITAR OU CONFIAR NO QUE OS OUTROS DIZEM COM RESPEITO ÀS OBRAS DO MESTRE (V25). Vemos que Tomé não creu no que os seus irmãos lhe afirmaram acerca da ressurreição do Senhor. Aliás, Tomé sempre foi um tanto racional quanto a fé. Quando um discípulo não cresce junto, não desenvolve sua vida espiritual e ministério junto com os outros, ele sempre terá um discurso contrário às convicções dos outros. Sua alma e sua mente sempre terão argumentos de combate à fé. Este comportamento é perigoso a um discípulo de Jesus, porque pode se tornar uma pessoa racional, e os racionais se tornam inimigos da fé. Porque quando o racional, a razão, entram em ação, a fé será dissipada, e a fé é o único elo que liga um discípulo, um líder, um mentor, um sacerdote, um pastor, ou qualquer ministro à Deus, e, a única manifestação espiritual do homem que agrada a Ele. “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam”. Hebreus 11:6

4. TOCAR NAS FERIDAS DO LÍDER (V27). Tomé tinha uma forma própria de identificar seu líder, seu discipulador, seu mentor. Precisava tocar na ferida do seu líder para reconhecer a sua veracidade. Isto nos ensina que têm discípulos que só reconhecem seus mentores se cutucarem as suas feridas. São aqueles que estão sempre provocando seus líderes, para ver se estes, realmente foram sarados de suas debilidades e fraquezas. São aqueles que adoram ver seus líderes sentindo dores e demonstrando fraquezas, porque assim, eles podem ter argumentos para dizer que o líder não pode cobrar mudanças de sua parte, se este ainda tem debilidades também.

5. DISCURSOS OU DECLARAÇÕES CONTRÁRIAS. “Então, Tomé, chamado Dídimo, disse aos condiscípulos: Vamos também nós para morrermos com ele”. João 11:16.

Às vezes podemos ser irônicos quanto ao poder de Deus. Tomé foi assim quanto à volta de Jesus a Judéia a fim de ressuscitar a Lázaro. Todos os que têm uma declaração ou discurso contrário a fé, anulam seu efeito. Tem muitos discípulos que adestram seus lábios para declarações contrárias em seu ministério. Sua língua esta afiada para anular palavras proféticas, e declarações sobre feitos sobrenaturais. Temos que tomar cuidado para não nos tornarmos discípulos negativos, que vêem morte, destruição, perigo, retaliação, resistência... Aonde é um campo de vida, de milagres, de transformação, de vitórias, de bênçãos...

6. CAMINHAR JUNTO, POR MUITO TEMPO, E NÃO CONHECER OS PLANOS DO MESTRE. “Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como saber o caminho”? João 14:5.

Como pode ser isto, um discípulo conviver com o seu mestre por muito tempo e ainda ter dúvidas de seus ensinos e orientações. Isto se dá quando a pessoa não se entrega por completo, antes, mostra-se extremamente desatento, incrédulo, inseguro, confuso... Em todos os ministérios, tem discípulo que está junto, está presente em todas as convocações, segue todas as diretrizes, mas ainda tem dúvidas do que está fazendo. Tem dificuldades para entender, aceitar e funcionar dentro dos princípios de uma visão que lhe é ensinada, por isso não rompe em seu ministério.

Isto não tem nada há ver com fidelidade, honestidade ou lealdade, porque Tomé era leal a Jesus, porém, no decorrer do seu ministério sempre se mostrou uma pessoa de mente fechada, bloqueada para as revelações. É possível uma pessoa andar junto, caminhar as mesmas milhas e ainda nos surpreender com suas dúvidas, com suas incertezas, com suas instabilidades... São discípulos com mentes fechadas e bloqueadas para as revelações. Conhecimento não é tudo o que precisamos, também precisamos de revelação sobre o que conhecemos, porque a revelação libera o espírito do nosso entendimento, enquanto que, o conhecimento, atinge apenas a nossa mente. Efésios 4:23 “E vos renoveis no espírito do vosso entendimento”.

Graça e paz!

Ap. Osmarino Araújo


..Quem escreveu o artigo acima?
Clique para ler este artigo
Ap. Osmarino Araújo
O Apóstolo Osmarino Correia de Araújo é Presidente fundador da Igreja Apostólica Atos II com sede em Jacarepaguá, Rio de Janeiro e Núcleos em outras regiões do Brasil. Também é escritor. conferencista, compositor e ministro de louvor profético, com o CD "Sopra Sobre Nós...", gravado Ao Vivo e O CD "SUBSTITUIÇÃO".

Contatos e Convites:

Telefones:
(21) 3086-6389- Claro fixo
(21) 99981-9410 - Vivo
(21) 98260-6281 - Tim
(21) 98451-8357 - Oi
(21) 97518-1405 - Claro
(21) 2449-9168 (Cx Postal Virtual - Deixar recados)
WhatsApp +51 21 98260-6281

E-mails:
pastorosmarino12@hotmail.com
ap.osmarino12@gmail.com
osmarinoaraujo12@yahoo.com.br

facebook
pastorosmarino12@hotmail.com

Twitter: @Ap_Osmarino/pastorosmarino12@hotmail.com
   

Outros artigos do autor:

6 Poderosas Dicas Que Irão Ressuscitar sua Criatividade
Ordenação apostólica dos Apóstolos Osmarino e Alcilene Araújo
Cobertura (paternidade) Espiritual do Apóstolo Osmarino Araújo
Fraude Espiritual
Significado e Uso do Talit