Página inicial
Quem somos
Quem é nossa cobertura
Galeria de fotos
Galeria de vídeos (novo)
Sites que indicamos
Downloads
Livro de visitas
Fale conosco
Dicionário Bíblico
Artigos/ Estudos
A Rota do Sucesso
Agenda
Aliança e Cobertura Esp.
Casamento
Colaboração/Propósito
Coluna dos adoradores
Como adquirir o CD
Contatos e Convites
Dinâmica / Quebra Gelo
Discografia/Composição
Espaço Mulher
Estudos do Ap.Osmarino
Festas Bíblicas
Homens de Verdade
Igrejas Sob cobertura
Liderança
Missões
Músicas Cifradas
Notícias
Peças Teatral
Redes Sociais
Reflexões/ Meditações
Release / Ap. Osmarino
Seitas e heresias
Seminários
Símbolos Judaicos
Teologia/Hist. Igreja
Visão Celular/Estudos
Bíblia Online
Escolha o Livro
Capítulo Versículo
Palavra(s):
Estatísticas
1854 estudos publicados
2 abençoado(s) conectados
13 colunistas - 232 fotos
229185 acessos


A Restituição dos Valores Sequestrados

Tipo: Estudos do Ap.Osmarino / Autor: Ap. Osmarino Araújo

A RESTITUIÇÃO DOS VALORES SEQUESTRADOS

TEXTO: I Samuel 30:1 “Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens, ao terceiro dia, a Ziclague, já os amalequitas tinham dado com ímpeto contra o Sul e Ziclague e a esta, ferido e queimado; 2 tinham levado cativas as mulheres que lá se achavam, porém a ninguém mataram, nem pequenos nem grandes; tão-somente os levaram consigo e foram seu caminho. 3 Davi e os seus homens vieram à cidade, e ei-la queimada, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas eram levados cativos. 4 Então, Davi e o povo que se achava com ele ergueram a voz e choraram, até não terem mais forças para chorar. 5 Também as duas mulheres de Davi foram levadas cativas: Ainoã, a jezreelita, e Abigail, a viúva de Nabal, o carmelita. 6 Davi muito se angustiou, pois o povo falava de apedrejá-lo, porque todos estavam em amargura, cada um por causa de seus filhos e de suas filhas; porém Davi se reanimou no SENHOR, seu Deus. 7 Disse Davi a Abiatar, o sacerdote, filho de Aimeleque: Traze-me aqui a estola sacerdotal. E Abiatar a trouxe a Davi. 8 Então, consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Perseguirei eu o bando? Alcançá-lo-ei? Respondeu-lhe o SENHOR: Persegue-o, porque, de fato, o alcançarás e tudo libertarás. 9 Partiu, pois, Davi, ele e os seiscentos homens que com ele se achavam, e chegaram ao ribeiro de Besor, onde os retardatários ficaram. 10 Davi, porém, e quatrocentos homens continuaram a perseguição, pois que duzentos ficaram atrás, por não poderem, de cansados que estavam, passar o ribeiro de Besor... 16 E, descendo, o guiou. Eis que estavam espalhados sobre toda a região, comendo, bebendo e fazendo festa por todo aquele grande despojo que tomaram da terra dos filisteus e da terra de Judá. 17 Feriu-os Davi, desde o crepúsculo vespertino até à tarde do dia seguinte, e nenhum deles escapou, senão só quatrocentos moços que, montados em camelos, fugiram. 18 Assim, Davi salvou tudo quanto haviam tomado os amalequitas; também salvou as suas duas mulheres. 19 Não lhes faltou coisa alguma, nem pequena nem grande, nem os filhos, nem as filhas, nem o despojo, nada do que lhes haviam tomado: tudo Davi tornou a trazer. 20 Também tomou Davi todas as ovelhas e o gado, e o levaram diante de Davi e diziam: Este é o despojo de Davi. 21 Chegando Davi aos duzentos homens que, de cansados que estavam, não o puderam seguir e ficaram no ribeiro de Besor, estes saíram ao encontro de Davi e do povo que com ele vinha; Davi, aproximando-se destes, os saudou cordialmente”.

INTRODUÇÃO: Ziclague foi um presente que Aquis, rei de Gate, deu a Davi (I Samuel 27:5-6). Ziclague tornou-se uma cidade refugio para Davi e seus guerreiros. Naquela terra, Davi e seus homens construíram suas casas, plantaram vinhas, cereais e estabeleceram bases para o futuro. Era uma cidade legítima aos seus habitantes. Portanto, lutar por ela, defendê-la era legítimo. Mas, um descuido da parte de Davi e de seus homens, comprometeu a segurança e a estrutura da cidade, dos bens e das famílias.

Quando lutamos pelo nosso presente, pelas nossas conquistas, pela nossa família, pelo nosso ministério, pelos nossos discípulos, a nossa guerra se torna legítima e tem o respaldo de Deus.

APRENDENDO COM A INVASÃO DE ZICLAGUE

1. DEIXAR A RETAGUARDA DESGUARNECIDA.

I Samuel 30:1 “Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens, ao terceiro dia, a Ziclague, já os amalequitas tinham dado com ímpeto contra o Sul e Ziclague e a esta, ferido e queimado; 2 tinham levado cativas as mulheres que lá se achavam, porém a ninguém mataram, nem pequenos nem grandes; tão-somente os levaram consigo e foram seu caminho. 3 Davi e os seus homens vieram à cidade, e ei-la queimada, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas eram levados cativos”.

A retaguarda é a última companhia em um pelotão; é o último esquadrão ou fila de um corpo de tropas que guarda a vanguarda, à frente. Davi com toda a sua experiência e organização, mesmo sendo um homem preparado para a guerra, acostumado às pelejas, saiu para a guerra e deixou sua retaguarda desguarnecida. Vendo a facilidade de entrada e saque, sem pestanejar, o inimigo veio sobre sua casa e fez um estrago. Todas suas conquistas materiais, prata, ouro, economias foram todas saqueadas. Ainda levou seu bem maior, a sua família.

A Bíblia relata que Davi chegou da peleja e viu tudo queimado e não encontrou ninguém para contar o que aconteceu ali. Ele e seus homens choraram até que não houvesse mais força para chorar, com certeza, pelo remorso de terem deixado suas famílias e bens sem proteção. Davi e seus guerreiros tiveram seus suas famílias e bens seqüestrados porque estavam se envolveram em guerras que não eram deles. Só porque ele tinha uma dívida de gratidão com Aquis, o rei de Gate, Davi ofereceu-se, bem como a seus homens para lutarem em uma batalha contra os inimigos e adversários de Aquis. Enquanto se ocupavam com as guerras dos outros, deixaram os seus desguarnecidos.

Todas as vezes que nos envolvemos em conflitos que não nos pertencem, teremos conseqüências. A bíblia diz que o valente, o guerreiro deve se prevenir para defender o seu próprio território e não o alheio. Lucas 11:21 “Quando o valente, bem armado, guarda a sua própria casa, ficam em segurança todos os seus bens”. Nunca devemos abraçar uma causa, alheia, sem primeiro nos assegurarmos de que a nossa casa, nossa família, nosso ministério, nossas conquistas estão bem guardados, em segurança.

Quantos estão saindo para outras guerras ou para as suas conquistas e realizações pessoais e deixando a sua retaguarda desguarnecida. Quantos pais e mães estão tão focados e obcecados por suas realizações pessoais e estão deixando sua casa descoberta, seus filhos descobertos. Quantos maridos ou esposas estão obcecados por suas realizações pessoais e deixando seus cônjuges desguarnecidos, à mercê do inimigo. Quantos líderes e mentores estão focados em suas realizações pessoais e estão deixando seus discipulos desguarnecidos à mercê do inimigo.

2. BUSCAR UM CULPADO PELO NOSSO FRACASSO.

1 Samuel 30:6 “Davi muito se angustiou, pois o povo falava de apedrejá-lo, porque todos estavam em amargura, cada um por causa de seus filhos e de suas filhas; porém Davi se reanimou no SENHOR, seu Deus”.

Os homens de Davi o culparam pela tragédia e queriam até apedrejá-lo. Por isso angustiou-se sobremaneira, porque os seus companheiros estavam responsabilizando- o pelas perdas.

O que aconteceu com Davi, não é diferente em nossos dias, sempre procuramos alguém para levar a culpa pelos nossos fracassos. Porque é mais fácil culparmos alguém, do que assumirmos a nossa irresponsabilidade ou incompetência de pai, de marido, de mãe, de esposa, de mentor, de pastor, de líder, de sacerdote, de defensor do nosso território, daquilo que Deus nos confiou. O marido culpa a esposa, a esposa culpa o marido, os filhos culpam os pais, os pais culpam os filhos, os empregados culpam os patrões, os patrões culpam os empregados, a sociedade culpa o governo, as ovelhas culpam o pastor, o pastor culpa as ovelhas, os discípulos culpam o mentor, os mentores culpam os discípulos...

REAGINDO AOS ARGUMENTOS DA ALMA.

A grande lição que Davi nos deixou, como legado, para situações como estas, foi abrir o seu coração diante do Senhor e buscar forças no seu Deus. I Samuel 30:6 “Davi muito se angustiou, pois o povo falava de apedrejá-lo, porque todos estavam em amargura, cada um por causa de seus filhos e de suas filhas; porém Davi se reanimou no SENHOR, seu Deus. 7 Disse Davi a Abiatar, o sacerdote, filho de Aimeleque: Traze-me aqui a estola sacerdotal. E Abiatar a trouxe a Davi. 8 Então, consultou Davi ao SENHOR, dizendo: Perseguirei eu o bando? Alcançá-lo-ei? Respondeu-lhe o SENHOR: Persegue-o, porque, de fato, o alcançarás e tudo libertarás”. Como reagimos aos argumentos da nossa alma, por nossos fracassos, e a quem recorremos? Quantas vezes consultamos a nossa capacidade de administrar situações, consultamos o nosso intelecto, consultamos o nosso próprio conhecimento. Davi recorreu ao Senhor e Dele obteve a resposta.

Depois que chorou bastante, ainda muito angustiado, Davi recobrou o ânimo e foi em busca do prejuízo. Isso nos ensina que chorar e ficar parado não resolve problemas, não nos leva à vitória e nem nos garante o sucesso. Podemos nos angustiar com as situações, nos entristecer, mas não devemos deixar que isto nos paralise. Precisamos agir, romper, buscar o sim de Deus e ir em frente. Você pode até chorar, mas não deve encerrar suas expectativas nas lagrimas, tem que levantar, confiar em Deus e seguir a trilha dos seqüestradores até recuperar o prejuízo. A bíblia diz que quem chora, mas continua andando, voltará com alegria e com colheita garantida. Salmos 126:6 “Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes”. O problema de muita gente é que quando chega o tempo do choro, para de caminhar, de acreditar, de esperar, de confiar e de se fortalecer no Senhor. Por isso não vê colheita.

3. SER VENCIDO PELO CANSAÇO

1 Samuel 30:9 “Partiu, pois, Davi, ele e os seiscentos homens que com ele se achavam, e chegaram ao ribeiro de Besor, onde os retardatários ficaram. 10 Davi, porém, e quatrocentos homens continuaram a perseguição, pois que duzentos ficaram atrás, por não poderem, de cansados que estavam, passar o ribeiro de Besor”.

Davi e seus guerreiros estavam cansados e exaustos da viagem de três dias, voltando à Ziclague, quando voltavam do campo de batalha. Duzentos homens não agüentaram seguir em perseguição aos amalequitas e ficaram no caminho como retardatários. Eles foram vencidos pelo cansaço físico, mental e espiritual. O cansaço nos faz desistir. Mesmo amando suas famílias, eles desistiram da busca. Eles desfaleceram da fé, do vigor, da força extra.

O cansaço físico, mental ou psicológico e espiritual em uma jornada de lutas, batalhas, problemas, perdas, acidentes, decepções, traições, ingratidão, deslealdade etc. É um grande opositor das nossas vitórias. Ele sempre vence até mesmo aos mais fortes, mais valentes, mais experientes e mais motivados dos guerreiros.

Muita gente parou em suas conquistas porque foi vencido pelo cansaço. Desistiu até daquilo que é mais importante para ela. Mesmo amando e até precisando muito, não tem mais forças para lutar porque foi vencido pelo cansaço físico, mental e espiritual. Eles Perderam a esperança, a fé, a motivação, a expectativa. Mas também, é nestas horas que Deus sempre levanta os “Davis” e outros guerreiros que superam a dor, o cansaço, a fome, a exaustão e ignoram as adversidades para irem em busca dos nossos bens que viraram despojos dos nosso inimigos.

Nunca deixe que o cansaço físico, mental ou espiritual derrote você. Saiba que Deus tem sempre uma força extra para dar àqueles que não se deixam vencer pelo cansaço. Quando estiver exausto, busque a força extra em Deus.

4. SENDO RESTITUÍDOS DA FORÇA, DO VIGOR E DOS BENS

1 Samuel 30:17 “Feriu-os Davi, desde o crepúsculo vespertino até à tarde do dia seguinte, e nenhum deles escapou, senão só quatrocentos moços que, montados em camelos, fugiram. 18 Assim, Davi salvou tudo quanto haviam tomado os amalequitas; também salvou as suas duas mulheres. 19 Não lhes faltou coisa alguma, nem pequena nem grande, nem os filhos, nem as filhas, nem o despojo, nada do que lhes haviam tomado: tudo Davi tornou a trazer”.

Quando andamos com Deus e submetemos as nossas decisões a Ele. Somos dirigidos pelo caminho da vitória. Ele sempre nos mostrará o que fazer, por onde ir e aonde estão os nossos bens. Mesmo que para isto Ele tenha que nos usar com uma força sobrenatural, o que aconteceu com Davi e seus guerreiros. Deus lhes concedeu a “força extra” para lutarem. Eles, mesmo cansados e exaustos, receberam forças para lutar contra um exército descansado, durante uma noite inteira, um dia todo até a tarde, e venceram.

Assim será conosco. Deus nos dará esta força extra para lutarmos e vencermos os nossos adversários até sermos restituídos de tudo. Deus vai nos restituir os bens que foram seqüestrados e viraram despojos dos nossos adversários. A unção, a força, o ânimo, o vigor do Espírito de Deus nos possuirão novamente para seguirmos em perseguição até alcançarmos aos nossos adversários, vencê-los e tomarmos de volta o que nos pertence por direito legítimo.

5. HONRAR OS QUE FORAM VENCIDOS PELO CANSAÇO

1 Samuel 30:21 “Chegando Davi aos duzentos homens que, de cansados que estavam, não o puderam seguir e ficaram no ribeiro de Besor, estes saíram ao encontro de Davi e do povo que com ele vinha; Davi, aproximando-se destes, os saudou cordialmente. 22 Então, todos os maus e filhos de Belial, dentre os homens que tinham ido com Davi, responderam e disseram: Visto que não foram conosco, não lhes daremos do despojo que salvamos; cada um, porém, leve sua mulher e seus filhos e se vá embora. 23 Porém Davi disse: Não fareis assim, irmãos meus, com o que nos deu o SENHOR, que nos guardou e entregou às nossas mãos o bando que contra nós vinha. 24 Quem vos daria ouvidos nisso? Porque qual é a parte dos que desceram à peleja, tal será a parte dos que ficaram com a bagagem; receberão partes iguais”.

Davi nos ensina aqui um princípio muito importante. O princípio da honra. A Bíblia diz que devemos dar honra a quem tem e merece honra. Davi honrou os guerreiros cansados, que desistiram e ficaram para trás. Eles também participaram dos despojos e da vitória dos que seguiram em perseguição aos inimigos.

Dois ensinos importantes devemos aprender aqui. Primeiro, se você foi vencido pelo cansaço, ainda assim, Deus usará alguém para devolver a sua alegria, motivação e vigor, devolvendo tudo o que o inimigo tirou de você; e, o segundo, é quando você vencer as batalhas e ganhar seus despojos não se esqueça daqueles, que, mesmo não tendo lutado ao seu lado naquele momento, mas, que lutaram ao seu lado em outros momentos, em outras guerras. Lembre-se sempre, de que todas as vitórias são dadas pelo Senhor, e, portanto, todos têm direito aos despojos.



Graça e paz!

Ap. Osmarino Araújo


..Quem escreveu o artigo acima?
Clique para ler este artigo
Ap. Osmarino Araújo
O Apóstolo Osmarino Correia de Araújo é Presidente fundador da Igreja Apostólica Atos II com sede em Jacarepaguá, Rio de Janeiro e Núcleos em outras regiões do Brasil. Também é escritor. conferencista, compositor e ministro de louvor profético, com o CD "Sopra Sobre Nós...", gravado Ao Vivo e O CD "SUBSTITUIÇÃO".

Contatos e Convites:

Telefones:
(21) 3086-6389- Claro fixo
(21) 99981-9410 - Vivo
(21) 98260-6281 - Tim
(21) 98451-8357 - Oi
(21) 97518-1405 - Claro
(21) 2449-9168 (Cx Postal Virtual - Deixar recados)
WhatsApp +51 21 98260-6281

E-mails:
pastorosmarino12@hotmail.com
ap.osmarino12@gmail.com
osmarinoaraujo12@yahoo.com.br

facebook
pastorosmarino12@hotmail.com

Twitter: @Ap_Osmarino/pastorosmarino12@hotmail.com
   

Outros artigos do autor:

6 Poderosas Dicas Que Irão Ressuscitar sua Criatividade
Ordenação apostólica dos Apóstolos Osmarino e Alcilene Araújo
Cobertura (paternidade) Espiritual do Apóstolo Osmarino Araújo
Fraude Espiritual
Significado e Uso do Talit